quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Ministério do Trabalho liberta 55 trabalhadores que viviam como escravos em Tarauacá

Uma ação fiscal realizada pelo Grupo Especial Móvel do Ministério do Trabalho e Emprego (GEFM/MTE) libertou 55 trabalhadores que viviam em situação análoga a de escravo na Fazenda Porto Alegre, em Tarauacá, no Acre. A ação foi realizada entre julho e agosto desse ano e mobilizou vários órgãos inclusive a Polícia Federal (PF).
Segundo matéria publicada pelo MTE, os trabalhadores resgatados realizavam derrubada de mata e roço para formação de pasto na Fazenda. Entre eles estavam quatro menores, dois tinham 17 anos e dois 16 anos, que desempenhavam atividades proibidas pela Lista das Piores Formas de Trabalho Infantil.
trabalho escravo
os resgatados trabalhavam sem registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social/Foto: Divulgação

Segundo relatório da operação, os resgatados trabalhavam sem registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e dormiam em redes ou camas improvisadas. Os acampamentos eram feitos com palha, lona plástica e madeira, sem paredes, portas ou janelas.
Foi verificado ainda que não tinham instalações sanitárias, nem local adequado para preparo de alimentos dos trabalhadores. A água não era encanada, apenas retirada de um igarapé com água barrosa de coloração amarela parada há dias.
Os trabalhadores não usavam Equipamento de Proteção Individual (EPI), não foram submetidos a exames médicos e a nenhuma medida de saúde e segurança do trabalho. Além disso, eles compravam suas próprias ferramentas de trabalho.
O empregador realizou o pagamento das verbas rescisórias durante a ação no valor líquido de R$ 166 mil.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Marina Silva empata com Aécio Neves no 1º turno e com Dilma no 2º, aponta Datafolha


dilma marina aecio campos
Dilma lidera com 36%, Marina vem em segundo com 21% e Aécio tem 20%
A primeira pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, realizada depois da morte do presidenciável Eduardo Campos (PSB), foi publicada nesta segunda-feira (18) e aponta a presidenta Dilma Rousseff com 36% das intenções de voto. Em um cenário com Marina Silva ocupando a vaga deixada por Campos, que deve se confirmar oficialmente até quarta-feira (20), a ex-senadora aparece com 21% das intenções de voto, seguida pelo candidato do PSDB, Aécio Neves com 20%. Nesta simulação, Marina e Aécio aparecem em empate técnico na segunda colocação e devem disputar uma das vaga para o segundo turno.
Entre os demais candidatos, o Pastor Everaldo (PSC) soma 3% das intenções de voto. Zé Maria (PSTU) e Eduardo Jorge (PV) aparecem com 1%. Luciana Genro (PSOL), Rui Costa Pimenta (PCO), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) não pontuaram.
Na simulação com Marina como candidata, os números de voto nulo ou em branco caíram 5%. Na última pesquisa, ainda com Campos, esse grupo somava 13% e, agora, recuou para 8%. Indecisos eram 14%, caindo para 9% nesta pesquisa.
O Datafolha também ouviu eleitores em um cenário sem nomes para substituir Campos. Nessa simulação, Dilma tem 41% das intenções de voto, Aécio aparece com 25%, Pastor Everaldo com 4%; Zé Maria, Eduardo Jorge, Luciana Genro e Rui Costa Pimenta somam 1% cada. Brancos e nulos somam 13% e indecisos 12%.
Na resposta espontânea, em que a intenção de voto é declarada sem a sugestão de nomes, a presidente Dilma lidera com 24%, Aécio aparece com 11% e Marina com 5%. Na última pesquisa, a candidata do PT tinha 22%, contra 9% do tucano.
Na última pesquisa divulgada pelo Datafolha em meados de julho, quando Campos era o candidato do PSB, Dilma tinha 36% das intenções de voto diante de 20% de Aécio e 8% de Campos. O Pastor Everaldo (PSC) aparecia com 3%. José Maria (PSTU), Eduardo Jorge (PV), Luciana Genro, Rui Costa Pimenta (PCO) e Eymael (PSDC) tinham 1% cada. Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) não pontuavam. Brancos e nulos somavam 13% e indecisos, 14%.
O levantamento Datafolha foi realizado entre 14 e 15 de agosto, com 2.843 eleitores em 176 municípios do país. A pesquisa está registrada no TSE sob o protocolo BR-00386/2014, tem margem de erro máxima de 2 pontos porcentuais e nível de confiança de 95%.

Vírus ebola pode estar entrando no Brasil pelas fronteiras do Acre, alerta vereado

O perigoso vírus ebola, que já matou mais de mil pessoas na África ocidental pode estar entrando no Brasil através das fronteiras acreanas.
O alerta foi dado pelo vereador de Epitaciolândia, Carlos Portela (PPS), ainda no mês de abril deste ano, através de um artigo postado em seu blog. Além de vereador, Portela também atua como policial rodoviário federal, função que lhe possibilita acompanhar mais de perto a entrada dos estrangeiros.
ebolaeba
Vítima do vírus ebola, um dos mais mortais do mundo/Foto: Divulgação
Esta semana o parlamentar voltou a denunciar que haitianos, nigerianos e outros estrangeiros continuam atravessando as fronteiras sem antes passarem por exames de sangue, o que poderia detectar a presença do vírus mortal.
“Nossa fronteira acreana, corre sim o risco de contrair o vírus do ebola, haja vista que esses africanos continuam entrando no Brasil sem realizarem exames de saúde”, diz alerta.
Veja o artigo de Caros Portela, na íntegra:
No início de Abril, divulguei sobre o risco que está tendo o Brasil, em relação ao Virus Ebola, http://cportela.blogspot.com.br/2014/04/ebola-no-brasil-e-urgente-o-isolamento.html
Acontece que nem na época e nem depois, foram tomadas providência de prevenção da entrada desenfreada de estrangeiros, principalmente os que vêm da África, onde está a origem do ebola. Ontem, dia 13 de agosto, já tinha vitimado 1.145 na Africa Ocidental, na Nigéria também já chegou o vírus e já aconteceram várias mortes.
O Acre, através de Assis Brasil, Brasiléia e Epitaciolândia, são portas de entradas dos Haitianos e de outros Africanos, que de 2010 ao inicio de abril de 2014 entraram 18.300 haitianos e que de Abril de 2013 a Abril de 2014 entraram em média 1.500 de origem africana não haitianos, inclusive uns 10 nigerianos.
Nossa fronteira acreana corre sim, o risco de contrair o vírus do ebola, haja vista que esses africanos continuam entrando no Brasil sem realizarem exames de saúde. Atualmente eles chegam em Assis Brasil em um dia, vêm para Brasiléia e em um ou dois dias já estão no abrigo em Rio Branco, e dai para o interior do Brasil. Dos 20.000 estrangeiros que entraram no Brasil através de apoio do governo brasileiro, nem em 2.000 foram realizados exames e desses foi grande o número de casos de HIV, Hepatites, etc.
E o pior de tudo é que não foi divulgado o resultado dos exames e continuam apoiando a entrada desenfreada, principalmente de haitianos em uma atitude que coloca nossa população em riscos. Atualmente chegam em média 40 diariamente, e até estão pensando em melhorar a recepção dos mesmos, inclusive fazendo um abrigo em Assis Brasil.
Esta semana não foi verificado nenhum tipo de controle na área de saúde para com os mesmos. Inclusive os não haitianos continuam chegando no abrigo em Rio Branco, de forma clandestina.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Jagunços enviados por Viana atiram em posseiros no Porto Luiz em Acrelândia

Por volta das 6h30 da manhã deste domingo (3) dois jagunços fortemente armados fizeram um refém e atiraram contra posseiros da Fazenda Forte Veneza, que fica no projeto de assentamento Porto Luiz, no município de Acrelândia. Um dos suspeitos, Antônio José dos Santos foi preso em flagrante pela Policia Militar dentro da casa de Raimundo Viana Pacífico, conhecido como Viana, dono das terras em litígio. Uma casa foi incendiada por outro elemento ainda não identificado.
Segundo testemunhas, um dos posseiros, Antônio Gomes, ficou com uma arma apontada para sua cabeça sofrendo tortura por parte dos jagunços por mais de três horas. Outro elemento ateou fogo em uma das casas e um terceiro disparou tiros contra 20 famílias que estão na terra há um ano e dois meses.
A Policia chegou até um dos suspeitos através de informações que foram repassadas pelo telefone 190. Ontem à noite o Sargento Belmonte informou que o jagunço Antônio José foi preso em flagrante portando ilegalmente uma espingarda calibre 28.
“Primeiro eles se esconderam dentro de um bananal. Depois um deles foi visto pulando a cerca e se escondendo dentro da casa da Fazenda. Cercamos e demos ordem de prisão. Ele estava de posse ilegal de uma espingarda e de munição, entre elas, munição de pistola 9 mm”, disse Belmonte.
Durante todo o dia foi grande a movimentação no município. O suspeito preso em flagrante foi reconhecido pelas vitimas assim que chegou à Delegacia. Os outros dois encontram-se foragidos. Ainda de acordo a PM, a perícia feita no local do crime identificou capsulas das munições disparadas pela manhã.
Somente no início da noite de domingo o Delegado de Policia Civil chegou à cidade e começou a ouvir as testemunhas. Viana – que é dono de um Posto de Gasolina na Extrema – é tido como um homem perigoso.
Da Redação de ac24horas - Rio Branco - Acre

terça-feira, 29 de julho de 2014

Denunciado por forçar mulher a fazer sexo oral fala em armação de adversários

Luciano Tavares - da redação de ac24horasRio Branco, AC29/07/2014 08:58:50
  
O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Acrelândia, Noel Santos Souza, negou que tenha tentado forçar uma funcionária da Câmara de Vereadores do Município a fazer sexo oral nele.
O assunto ganhou enorme repercussão em Acrelândia, principalmente após matéria veiculada em ac24horas, nesta segunda-feira. A mulher que se diz vítima de Noel denunciou o caso na delegacia local.
O acusado, que também é servidor público municipal, disse que esteve com a mulher, mas nega todas as acusações, “Isso não tem fundamento nenhum. Eu estive com ela. Pedi pra ela me levar até o presidente da Câmara ela me levou. Depois eu sai da casa do presidente da Câmara e pedi a ela pra me levar até a olaria. Eu não sei o que ela quer com isso.
Ele também afirmou que pode estar sendo vítima de uma armação por ter liderado recentemente uma manifestação na cidade, “Eu acredito até que pode ser armação porque eu fui um dos líderes outro dia de uma manifestação aqui contra as ruas. Eu moro em Acrelândia desde 86 e nunca existiu uma reclamação contra mim. Sou um trabalhador”.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Ação Saúde

Secretaria Municipal De Saúde realiza campanha contra hepatite B e C no Município.. durante toda esta semana a equipe de saúde estará em passando em escolas e instituições publica fazendo os testes da hepatite B e C

terça-feira, 22 de julho de 2014

Prefeitura de Acrelândia em parceria com o governo do estado realiza operação tapa buracos nas ruas da cidade.



Através de uma parceria com o governo do estado do Acre a prefeitura de Acrelândia começou nesta segunda-feira a tampar todos os buracos nas ruas na cidade.

O governo do estado doou 180 tonelada de massa asfáltica para a prefeitura de Acrelândia através da secretaria de obras realizar os trabalhos de tampar todos os buracos na ruas da cidade. Em contra partida a prefeitura colocou todo seu pessoal e maquinário da secretaria de Obras para fazer os serviços. A parceria foi firmada alguns meses atrás porem só agora os trabalhos estão sendo realizado por conta dos trâmites burocráticos.

Na tarde desta segunda-feira os moradores presenciarão de perto os trabalhos com um caminhão caçamba e um rolo compactador aos poucos aqueles grandes buracos iriam dando lugar a um remendo de asfalto quente nuas da cidade.

Segundo o prefeito Jonas muitas pessoas e principalmente os adversário seu e do governo do estado, não estavam acreditando que estes trabalhos de tampar os buracos na cidade iriam sair.

Para o prefeito Jonas as parcerias com o governo do estado estão fluindo no município.” Quero aqui agradecer o nosso governador Tião Viana que esta sendo um grande parceiro de Acrelândia, essa massa asfáltica foi um compromisso do governador com o município, hoje estamos aqui executado um serviço de tampar todos os buracos de nossa cidade,que vai trazer um trânsito mais seguro nas nossas ruas, é vendo essa obras e outras que estão sendo executado no município que não me arrependo e sair da oposição e passar a ser da frente de apoio do governador” disse Jonas.

Segundo o prefeito Jonas que mais parceria anda irão existe entre Prefeitura e o Governo do estado, para o prefeito só quem ganha é o povo. A operação tapa Buracos em Acrelândia pretende se estender ate o fechamento de todas as ruas do município